Medidas restritivas em Salvador serão mantidas até julho, afirma ACM Neto

A capital baiana está há mais de 90 dias em isolamento social

Prefeito ACM NETO - Salvador
Prefeito ACM Neto fala em coletiva sobre prorrogação das medidas restritivas. (Imagem: Reprodução / Instagram)

Durante uma live em seu perfil no Instagram, o prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou neste fim de semana que irá prorrogar as medidas restritivas do combate ao Covid-19 até o mês de julho. Ele destacou ainda que o auxílio do programa Salvador por Todos, que concede o valor de R$270,00 a trabalhadores informais, também será mantido até o mesmo período.

Uma ideia da Prefeitura é priorizar e apoiar, tendo em vista que as coisas não vão voltar ao normal”, reforçou Neto, que destacou ainda que mais detalhes sobre a prorrogação serão divulgados durante essa semana.

Estamos finalizando um projeto de lei para definir uma forma de prorrogação”, ressaltou. Cabe lembrar que nas últimas semanas os empresários estavam pressionando a Prefeitura para que os shoppings retomassem as atividades, tomando as devidas precauções. Porém, com o aumento no número de casos de pessoas infectadas na capital baiana, ACM Neto enfatizou que o retorno ainda não tem data definida.

Segundo o portal Tribuna da Bahia, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Paulo Nunes, afirmou em entrevista que a decisão sobre a reabertura dos shoppings será do prefeito ACM Neto.

 “De uma coisa eu tenho certeza: ela não será realizada a partir dessa terça-feira 16. Pelas notícias que estamos acompanhando, ainda não chegamos no ‘platô’ da curva da pandemia. Quando ele se definir, após ouvir os técnicos da área de saúde, haverá um prazo mínimo de cinco dias para a preparação dos ambientes. Mas, tão logo saia esta decisão oficial, tudo ficará preparado, conforme os protocolos seguidos em outras capitais brasileiras onde esses estabelecimentos já foram reabertos. E, se houver algo mais a completar, nós assim o faremos”.

0 0 voto
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários